quarta-feira, 10 de agosto de 2011

VAMOS BRINCAR DE FORCA?

OLÁ PESSOAL.


Hoje, trouxe para vocês um jogo muito legal, muito divertido e que as crianças adoram. Estou me referindo ao  "JOGO DA FORCA". É um jogo fácil e todos conhecem as regras. Pode ser jogado na lousa, no caderno, em folhas soltas, com materiais próprios encontrados no comércio e, também, no computador. Normalmente, é jogado em duplas. Mas, se arranjarmos uma função para os excedentes, podem ser jogados em trios ou quartetos.




O jogo, para quem ainda não sabe, consiste em formar e adivinhar palavras. Para isto você deve:
1- pensar numa palavra (não muito fácil)
2- escrever um tracinho para cada letra que essa palavra tem.
3- para que o parceiro adivinhe, você precisa dar uma dica. EX: nome de um animal.
4- cada letra certa, é colocada nos tracinhos. Se houver repetições de letra, coloque todas.
5- se ele disser uma letra que não tem na palavra, comece um bonequinho (cabeça, corpo, um braço, o outro, uma perna, a outra). Combinem se valem mãos e pés.

O objetivo do jogo é adivinhar a palavra toda antes que o bonequinho seja completado. Se conseguir, vence o jogo. Se o bonequinho ficar completo, perdeu o jogo.

VALOR PEDAGÓGICO: melhora a capacidade de pensar,  a habilidade de trabalhar com as palavras (número de letras e sílabas), fixa a palavra e a sequencia de letras que ela contém, melhora a leitura e a escrita, desenvolve e enriquece a formação do vocabulário.

VALOR COGNITIVO: auxilia a manter a atenção e a concentração, desenvolve o raciocínio, estimula a compreensão da palavra como um todo (percepção, significado, símbolos gráficos), facilita a memorização da palavra.

VALOR SOCIAL: aprendem a esperar a vez, a respeitar o outro, a seguir regras, compreender as limitações dos amigos etc.

Este é um jogo muito versátil, pois serve para qualquer disciplina, inclusive a Matemática, auxiliando a fixar as tabuadas, as operações fundamentais e tudo o mais que você desejar.

"A ESCOLA PODE SER UM LUGAR MUITO DIVERTIDO PARA 
AS CRIANÇAS. BASTA TORNÁ-LA ASSIM."

Nenhum comentário:

Postar um comentário