sábado, 23 de junho de 2012

TRABALHANDO EM CADERNOS

Após o trabalho  com as letras sensoriais, com a caixa de areia e no papel é chegada a hora de enfrentar o caderno. Embora sejam capazes de traçar corretamente as letras, a coordenação motora de cada uma ainda é bastante irregular. Ora ficam grandes demais, ora pequenas ou, até mesmo, num tamanho bom. Alguns deficientes apresentam ainda a dificuldade de seguir as linhas dos cadernos comuns. Por isso, começo por um caderno de linhas verdes. Esse caderno se assemelha ao caderno de caligrafia, porém o espaço onde se escreve é bem maior e regular.

Nesse caderno escreve-se dentro das linhas verdes que servem para regular as letras. Crianças com letras muito grandes passam a fazê-las em tamanho menor. As que possuem letras muito pequenas, aumentam o tamanho pois não podem passar dos limites do verde. Não se preocupem se no início as crianças não conseguem chegar a esses limites ou os ultrapassam. É a regularidade e a constância quem faz esse trabalho.

  

Para os números, uso o caderno quadriculado de 1 cm. O quadriculado pequeno não serve por exigir um esforço maior da criança. Este caderno também facilita a contagem para exercícios de cálculos, de rastreamento, numeração etc.

  
Por último, quando a criança já se sentir segura e, aos poucos, vá apresentando o caderno comum. Um pouco de cada vez e pulando linha.

3 comentários:

  1. Oi amiga!!! Sempre amo de coração receber sua visitinha!!! Também ando um tanto sumida, final de bimestre vc sabe como é!!! Mas assim q entrar de férias tentarei visitar as amigas e matar um pouco a saudades!! Bjokassss

    ResponderExcluir
  2. Bom dia. Veja se consegue cadernos que na Alemanha usam para ensinar a escrita aos meninos. Há vários modelos, para começar com letras ainda grandes e outros para irem diminuindo o tamanho das letras . E até ajudam na escrita das letras com "pernas" acima ou abaixo das linhas! Lá até ensinam a escrita em várias fases: começam pela manuscrita simplificada e seguem-se mais dois níveis cada vez mais personificados. Um abraço e votos de bom trabalho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela sugestão, Aspásia. vou ver se consigo.

      Excluir